segunda-feira, junho 28

Defino. Assumo. Respeito.AMO!...





Não me peça o impossível sou um ser peculiar...
Dentro das minhas crenças e em silêncio...construo meus caminhos...
Não ouso seduções sem que o coração permita...
Sou diferente por não querer ser comum... 
Defino. Assumo. Respeito.AMO!...

Texto: Clara Luz
Imagem: Meme: http://meme.yahoo.com/andreia_spengler/p/HdjGepE/

2 comentários:

  1. Parabéns amiga Célia, belo poema! Gostei. Muita paz!!! Abraço.

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita.