quinta-feira, maio 20

Poeta é o que sou...


Sou apenas poeta
Nada mais além que poeta...
Vivo das cores lindas que a poesia reproduz
E, dos versos que ela traduz...

Vivo do encanto da natureza
Da beleza que tem o canto das gaivotas
Do verde das matas
E, da cor azul que tem o céu...

Vivo da calmaria de um rio que corre sem pressa
Ou, da bravura que tem as ondas do mar
Vivo da brisa que sopra nas noites de verão
Ou, da ventania de outono que tira das árvores suas folhas

Vivo do silêncio dos peixes a nadar na escuridão do oceano
Vivo do rugir assustador do rei da selva
Vivo do som quase imperceptível do bater das asas de uma borboleta
Mas, vivo de trovoadas estrondosas!

Abraço-me ao por do sol
Acalento-me nas cachoeiras
Salto das alturas
Mergulho na maré

Sou sabiá
Sou leoa
Sou chuva forte
Sou garoa

Estou nas estrelas
Na terra
No mar
Estou no céu

Sou poeta
Sou poesia
Sou letra
Sou melodia!


Célia Regina Carvalho
Juazeiro, em 20 de maio de 2010. 

Imagem:
Michael Garmash



5 comentários:

  1. Espero que não se canse de mim, amo seus poemas!!!

    ResponderExcluir
  2. Escrever....
    É incrivel o poder das palavras
    Já dizia Carlos Drumond de Andrade
    "Penetra surdamente no reino das palavras.
    Lá estão os poemas que esperam ser escritos".
    (...)
    A poesia é vida
    é alegria
    cria um mundo
    e a gente simplesmente,
    fantasia.
    Tudo corre
    tudo gira
    tudo voa...
    Eu aqui!!!
    Você ai...
    Ligados por um elo
    por uma força
    um poder
    uma palavra
    Outora eu escrevia,
    mas as vezes
    me perco no tempo
    No entanto, nem a morte
    Nem o esquecimento
    apagara
    meus momentos de alegria e dor
    O que se escreve aqui,
    um dia,
    alguem viverá e fantasiará.
    Diferentes emoções mas emoções......

    (Com inspiração)
    Aryllma Morais

    Um Beijo Celia, a cada dia que passa me torno sua fã cada vez mais, Seu blog ja esta nos meus favoritos!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Quero dizer-te uma coisa
    busco palavras pra que?
    Busco rima busco verso
    Consulto tudo que vejo.
    Nada encontro que descreva
    a alegria do teu beijo...

    Amor é belo... é lindo!!!
    Pega-nos de jeito, domina-nos
    Faz-nos feliz...
    Até quando pouco dura, vale a pena...
    Viver!!!

    Bento

    ResponderExcluir
  4. Lindo esse teu poema! Cheio de devaneios, de diversos "eus", de versos e anversos... Amei! Abraço meu. (Flor do Campo)

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita.